Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 13 de fevereiro de 2010

O Fixar de um Olhar






O recomeçar de uma mulher é como expirar de vento,ao soprar as folhas de uma árvore que caem ao chão.
Deixando suas marcas se espalharem por todo ar.
Ao Desperta de uma linda noite olha-se para o espelho fixa-se os olhos,em sua memória vem,inúmeras interrogações
Olha com muita subtileza e profundidade, observando que em sua face tem expressões do tempo,em seus cabelos, um nuance de neve a lhe preocupar.
O que mais lhe deixa impressionada são as lembranças de seus sonhos que ao longo do tempo se perderão, e não havia se dado conta .
Quando por segundos ativa seu consciente, percebe que ,ela havia se perdido dela mesma, e ao mesmo tempo abandonado ela própria. Isso lhe causa uma profunda angústia, trazendo um dor em seu peito .
Ao seu redor sobram vestígios de um mundo apenas imaginável, não real , uma personagem que trazia as marcar dele que ela mesma havia colocado, junto uma culpa interminável , que nunca abandonava, assim deixando sempre um grande conflito interno em seu ego, id e super .
O que resta agora as marcas? o conflito ? as dores ? as culpas?
Tendo que duelar , em cada momento , em cada instante de sua vida, sem excitar, esse era o preço de uma superficial de una rosa crava de marcas em suas pétalas, seus espinhos, retirados.
Beijos cor de rosa
Graça S

Nenhum comentário:

Postar um comentário